Telefone: (51) 3656-2553

Data
13/09/2023 - 20/07/2023
Horário
00:00 - 00:00
Endereço
Av. Espanha, 431 - Centro - Arroio dos Ratos
Em eventos

Prepara teu mate e a pilcha e vem para os Festejos Farroupilhas 2023 de Arroio dos Ratos. O evento será entre os dias 13 e 20 de setembro, no CTG Tropilha Crioula, com entrada gratuita e vasta programação artística, além disso, com o intuito de colaborar com as vitimas das enchentes que assolaram o Rio Grande do Sul o CTG Tropilha Crioula também se tornou um ponto de arrecadação.

A abertura oficial será na sexta-feira, 13 de setembro, às 18h, com a chegada da Chama Crioula, mas, a programação inicia antes, às 20h, com apresentação da invernada do CTG David Canabarro.

No dia 18 de setembro teremos as homenagens por parte da Câmara Municipal de Vereadores aos senhores Delmar da Silva Leal e Solismar da Silva Leal ( irmãos e integrantes do Piquete Leal da Serra) e dos falecidos Leo Darci Dorneles Nunes “Tio Leo” do CTG David Canabarro e Jorge Tassoni do CTG Tropilha Crioula. Após teremos a Missa Crioula sob responsabilidade da Paróquia Santa Bárbara.

No dia 20 de setembro, Dia do Gaúcho, ocorre a Cavalgada Solidária com todas as Entidades Tradicionalistas, na Praça Naro Pereira da Silva às 10 horas. Neste dia, também será extinta a chama crioula.

Os Festejos Farroupilhas 2023 são uma realização do CTG Tropilha Crioula, com apoio da Prefeitura Municipal de Arroio dos Ratos, através da Secretaria Municipal de Administração, Cultura, Desporto e Turismo e do MTG.

Confira a programação dos Festejos Farroupilhas de Arroio dos Ratos:

Tema anual:

Centenário da Revolução de 1923

(General José Antônio Mattos Netto e seus oficiais, Revolução de 1923)
Fonte da imagem: Guia da Bombacha

Os confrontos entre sul-rio-grandenses começaram em 1835, com a Revolução Farroupilha, que se estendeu até 1845. Depois veio a Revolução Federalista, em 1893, conhecida por sua violência. A última guerra entre povos do Rio Grande do Sul foi a Revolução de 1923, em alusão ao ano em que ela começou e terminou.

Nessa época, o Estado estava dividido entre os aliados de Borges de Medeiros, que foi reeleito presidente do Rio Grande do Sul em 1923, e os aliados de Assis Brasil, seu opositor.
Os correligionários de Borges de Medeiros usavam lenços brancos no pescoço e tinham o apelido de “chimangos”. Eles eram centralizadores e defendiam a permanência vitalícia do então presidente no poder. Já os correligionários de Assis Brasil usavam lenços vermelhos, eram os “maragatos”, e lutavam por uma oposição organizada e pela descentralização política.

A Revolução de 1923, que começou no fim de janeiro daquele ano, depois do anúncio do resultado da eleição, terminou em dezembro, com o Pacto de Pedras Altas. Pelo acordo entre chimangos e maragatos, Borges de Medeiros pôde permanecer na Presidência até o fim do seu mandato, em 1928. Em contrapartida, numa vitória da oposição, a Constituição de 1891 foi reformada, impedindo a partir de então a reeleição, a indicação de intendentes (prefeitos) e do vice-presidente do Estado.
O sucessor de Borges no governo gaúcho foi Getúlio Vargas, lenço branco, chimango. Em 1930, a Frente Única Rio-grandense, sob sua liderança, assumiu o governo do País, na Revolução de 1930.

Fonte: SEDAC/RS

Previous Coordenação de Cultura realiza oitivas da Lei Paulo Gustavo em Arroio dos Ratos
Largo do Mineiro, 135. Centro – Arroio dos Ratos, RS
Horário de funcionamento:
Seg – Sex: 08:00 – 14:00
Imagem da Placa de Inauguração do site
Skip to content